UNO

Stop Motion

    O mote foi simples: criar cor e um mundo mais natural, selvagem contudo, diferente. Para isso, brinquei com tipografia feita a partir de peças e criei a palavra UNO, aproveitei algumas folhas que pintei e até uma aranha que andava pelo meio das folhas pintadas.

    A música “Balance” de Sasha Mishkin foi perfeita, com os sons das cegarregas, impondo um certo ritmo que aproveitei para fazer transições, a mistura ideal. A narrativa é meramente visual e rítmica: vemos folhas que escondem uma palavra e surgem algumas peripécias pelo meio.